quarta-feira, 29 de agosto de 2012


. .
As três fases dos exames laboratoriais

É importante na rotina de um laboratório, adotar métodos para que tenhamos bons resultados ao finalizar um laudo. Desde o pedido do exame, até o diagnóstico e tratamento, é importante que os profissionais do laboratório estejam interagidos nessas três fases dos exames laboratoriais. A QualiChart disponibilizou em seu blog este banner, das fases Pré-Analítica, Analítica e Pós-Analítica, para que estuantes e profissionais tenham sempre por perto, visando uma melhoria na qualidade dos exames.


Veja o link para baixar o arquivo em PDF e imprimir: QualiChart.

0 comentaram

terça-feira, 28 de agosto de 2012


. .
Vem aí ...

0 comentaram

quinta-feira, 16 de agosto de 2012


. .
Wi-fi pode causar infertilidade masculina

Essa discussão surgiu hoje na aula de Embriologia e Reprodução Humana, quando mencionei tal estudo, e gostaria de compartilhar a informação com quem ainda não sabe dela. O estudo mencionado abaixo não é muito recente (novembro de 2011), mas vale a pena dar uma conferida.

Você usa seu notebook assim,no colo? Vou te dar bons argumentos que você vai querer deixar de usar.
0 comentaram

terça-feira, 14 de agosto de 2012


. .
Hipertensão arterial


Simples e divertido!
0 comentaram

segunda-feira, 13 de agosto de 2012


. .
1° curso de Hematologia do Grupo COI

Antes de mais nada, peço desculpas pela demora nessa divulgação. Houve um problema com o e-mail, e só agora consegui o banner para a divulgação deste curso.
Independente disso, estou divulgando tal evento pela iniciativa do Instituto COI de Educação e Pesquisa - RJ na realização, que sem sombra de dúvidas visa acrescentar o conhecimento do profissional da saúde.
Para o pessoal do Rio de Janeiro, que esteja interessado, entre em contato pelos telefones indicados no banner e veja a possibilidade de realizar a sua inscrição, pois o curso vai até novembro.


O Blog "Biomedicina em Ação" está à disposição do Instituto COI de Educação e Pesquisa para futuras divulgações.

0 comentaram

domingo, 12 de agosto de 2012


. .
Biomedicina no Globo Universidade


E a Biomedicina esteve no Globo Universidade! É ótimo ver que cada vez mais pessoas estão conhecendo esta profissão que tanto faz por elas.
Quanto à matéria realizada na UFRJ, posso dizer que ficou um tanto quanto incompleta, porém totalmente diferente das abordagens que vemos por aí. Muito se associou o biomédico às análises clínicas, porém o programa exibido no mês passado abordou mais a pesquisa.
Convenhamos, para falar sobre todas as áreas de habilitação do biomédico, um programa só não daria.
Então, para quem não quis acordar cedo para assistir, aqui está a primeira parte do programa.

0 comentaram

. .
Feliz Dia dos Pais


Homenagem do Biomedicina em Ação àquele que sempre esteve ao seu lado, independentemente de ser biológico ou não. Pai é aquele que te apoia, te aconselha e te dá a mão quando você mais precisa.
Abrace este seu herói, e agradeça a Deus por tê-lo por perto.
0 comentaram

quinta-feira, 9 de agosto de 2012


. .
APC

É,os fortes entenderão!
0 comentaram

terça-feira, 7 de agosto de 2012


. .
Vacina contra a gripe suína pode ter ligação com a rara síndrome de Guillain-Barré

A vacina contra a gripe H1N1 (famosa por ser chamada de suína) foi associada com um risco pequeno, mas significativo de desenvolvimento de doenças.
O estudo, realizado em Quebec, Canadá, possui autoria de um grupo de médicos e foi publicado na revista Journal of America Medical AssociationA pesquisa mostrou conexões, mas ainda controversas, com a síndrome de Guillain-Barré (SGB).
A última análise realizada por Philippe De Wals da Universidade Laval em Quebec, controlou um grupo de 4,4 milhões de pessoas que tomaram a vacina em 2009, mostrando que 25 pessoas desenvolveram a síndrome rara após 6 meses. Uma das dúvidas que ficaram no ar é o fato de que na cidade de Quebec 58 pessoas desenvolveram a síndrome, mesmo não tomando a vacina.
Alguns especialistas são cautelosos em falar de riscos de vacinas porque os benefícios superam os riscos. Geralmente, reações adversas ocorrem em populações vulneráveis com alergias pré-existentes ou distúrbios do sistema nervoso.
As vacinas salvam milhões de pessoas. A gripe mata mais de 500 mil por ano em todo o mundo. Só nos EUA são 40 mil pessoas, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças do país.
Nem sempre as vacinas são absolutamente seguras. Um famoso caso em 1955 ficou registrado na cabeça de muitas pessoas nos Estados Unidos. Um lote de vacina contra a poliomielite foi acidentalmente contaminado com o vírus completamente inteiro, infectando mais de 40 mil crianças, levando 55 ao estado de paralisia e 5 mortes. Este incidente quase destruiu a confiança pública em vacinas nas próximas campanhas que foram realizadas.
A síndrome de Guillain-Barré (SGB) é uma doença grave do sistema nervoso periférico, podendo causar paralisia parcial, dificuldades respiratórias e até a morte. A maioria dos pacientes se recupera depois de vários meses a um ano, embora a maior parte dos portadores não se recupera sem sequelas.
Esta síndrome está associada com a bactéria Campylobacter jejuni, de origem alimentar, mas também pode ser provocada por vírus. Boa parte dos pacientes que desenvolvem a síndrome de Guillain-Barré não possui causa detectada.
Em 1976, uma campanha de vacinação de gripe H1N1 deixou a população em pânico após 1.100 pessoas terem desenvolvido a síndrome de Guillain-Barré. Após 30 anos de investigação, um instituto de medicina concluiu em 2003 que o número de casos da síndrome de Guillain-Barré foi muito maior, quase 1 milhão de pessoas.
Os resultados do estudo em Quebec com a nova cepa do H1N1 são assustadoramente semelhantes às conclusões extraídas das dezenas de estudos sobre o surto de gripe suína de 1979. O atual estudo publicado na New England of Medicine examinou quase 90 milhões de doses de vacina contra a gripe suína na China e concluiu que não existe ligação direita com a síndrome, com apenas 11 casos registrados.
Embora o estudo afirme falta de dados para declarar a ligação das vacinas com a síndrome, o debate ficará no ar. Vários médicos americanos de renome internacional dizem que a vacina é perigosa ou não vale a pena para a maioria das pessoas.

Saiba mais sobre a Síndrome de Guillain-Barré, clicando aqui.
Fonte: Jornal Ciência 


0 comentaram

. .
Gattaca - a experiência genética

Quer mais uma dica de filme? Agora o assunto é genética, e não epidemiologia como em "Contágio".
Já ouviu falar em "Gattaca - a experiência genética"? Inicialmente, senti que seria apenas mais um filme de ficção científica, mas ao longo do filme, vamos nos prendendo à história que é um tanto quanto intrigante e surpreendente. É claro que alguns erros ocorrem nesse tipo de filme, porém por ser de 1997, são até que perdoáveis. Mas para começar, a ideia do nome já é bastante atrativa: GATTACA corresponde às bases nitrogenadas que compõem o DNA (Guanina, Adenina, Timina e Citosina).
Como a maioria dos filmes de ficção científica, a história passa-se no futuro, no qual os seres humanos são criados geneticamente em laboratórios, e as pessoas concebidas biologicamente são consideradas "invalidas". Sendo assim, pais escolhem as características dos seus filhos, e são criados seres perfeitas, o que faz com que as pessoas tenham seu destino traçado através do seu código genético. Vincent Freeman (Ethan Hawke), um "inválido", consegue um lugar de destaque em corporação, escondendo sua verdadeira origem, para realizar seu sonho de ser piloto na empresa Gattaca. Para isso, Vicent assume a identidade Jerome Eugene Morrow (Jude Law), através de um agente clandestino que contrabandeia identidades genéticas.
Mas um misterioso caso de assassinato pode expôr seu passado e acabar com o seu sonho.

Por ser um filme um tanto quanto antigo, a imagem não é "maravilhosa", nem tão pouco há super efeitos especiais. No entanto, a mensagem retratada no filme é espetacular. Até quando o avanço da ciência é positivo, no sentido de tornar a vida humana mais confortável? É ético escolher todas as características dos seus descendentes e excluir os outros? É um bom filme para se relembrar das aulas de bioética, e talvez aplicar um pouco do seu conhecimento de genética.

Para mais informações e fotos do filme, clique aqui.

P.S.: Não consegui o link para assistir online ou fazer o download, quem tiver e quiser compartilhar,deixe nos comentários.
0 comentaram

segunda-feira, 6 de agosto de 2012


. .
Currículo Lattes: você sabe o que é e como ter um?

"O que exatamente é o Currículo Lattes? Como faço para ter um?" Você já se perguntou isso na hora de realizar a inscrição para algum curso? É. Muita gente nem faz ideia do que seja, ou muitos nem sempre os atualizam. Saiba mais sobre isso, e muito mais da Plataforma Lattes do CNPq.


3 comentaram

. .
Biomedicina no "Ligado na Facul"

   Já ouviram falar do portal Ligado na Facul? Não??? Pois estão perdendo muita coisa! Principalmente a galera que está perdida com vestibulares, e ainda não tem certeza da carreira que quer seguir.
   Para quem já está esquentando a cabeça com a correria da faculdade, o portal dá muitas dicas de estágios, além de notícias de todas as áreas e informações para pós-graduação, financiamentos e bolsas.
  O Ligado na Facul é um portal que auxilia jovens para a escolha da sua formação acadêmica, de uma forma bem extrovertida e faz parte de um projeto do Semesp (Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimento do Ensino Superior de São Paulo).
   A galera do Ligado na Facul entrou em contato comigo pelo twitter, e acabei escrevendo um depoimento sobre a minha faculdade, como é a vida acadêmica, os motivos que me levaram à escolha do curso, e dicas para quem quer seguir essa área.
  Confesso que não foi nada difícil escrever sobre algo que realmente amo, e como muitos dizem, acabei me viciando. Mas que vício bom esse,hein!? rs (clique aqui para ver o depoimento completo)


Se quiserem conferir o portal, que está sempre muito bacana, é só clicar aqui.

Abraços a todos,e voltamos com força total para esse segundo semestre!
0 comentaram

quinta-feira, 2 de agosto de 2012


. .
Especial Unip - 4º semestre


Essa postagem é uma continuação do que temos postado aqui a cada início de semestre, para que fiquemos por dentro do que encontraremos quando as férias terminarem. Como já dito antes, é especial para os acadêmicos do 4º semestre da Unip, mas é claro que cairá muito bem aos leitores do Biomedicina em Ação.

   É pessoal, o circo está se fechando! As coisas realmente estão ficando mais sérias (se você achava que já não estavam), e sim, estão cada vez mais difíceis. Faltam 15 dias para o retorno das aulas, e o medo (ou ansiedade) já veio bater à nossa porta. Sabe aquela imunologia que "mata" todo mundo? Pois então, é hora de encarar. E que tal colocar a mão na massa com parasitologia clínica? Vamos ao que teremos que encarar já na primeira semana de agosto:
0 comentaram
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...