sexta-feira, 26 de agosto de 2011


. .
Do reino encantado ao Valor esquecido


“Quando eu crescer quero ter uma casa, um carro e ser rico.” Quem, quando criança, nunca sonhou ou proferiu palavras parecidas com estas onde nosso reino encantado perdurava em meio às nuvens de nossas imaginações? Pois é, o tempo passa, crescemos e com ele passa nossos sonhos encantados quando deixamos a fase das fantasias e nos deparamos com a corrida da vida, talvez uns mais preparados do que outros, entretanto querendo nós ou não, um dia deixamos as coisas de menino e caímos num mundo de adultos onde o sonhar não é mais um fim em si mesmo, mas o alcançar se torna o nosso objetivo de vida. Porém, alcançar o que?
“Já não se faz mais profissionais como antigamente.” Disse uma mulher ao desabafar sobre sua insatisfação com profissionais de uma grande empresa de cosméticos. Nenhum aluno de faculdade de qualquer curso começa estudar pensando o seguinte: “Um dia serei um péssimo profissional!”, muito pelo contrário, entramos em uma faculdade com pensamentos positivos às expectativas futuras em nossa vida, uma pessoa com boa consciência que visa o melhor para si se torna bom no que conquistou para si mesmo, as melhores notas, melhor destaque profissional, melhores qualificações empregatícias com melhores salários, posições, benefícios, etc. Todos nós queremos o melhor para nós, e isto é bom. Eu poderia terminar este texto agora com mais algumas linhas conclusivas, no entanto não posso deixar para trás uma palavra, substantivo que por mais que na gramática ele seja concreto, para o contexto deste texto ele é próprio, esta palavra é a palavra Pessoa.
    O mundo hoje precisa de profissionais das diversas áreas que façam jus ao significado da palavra universidade que é a união da diversidade. Será que entre nossos objetivos como: Ser bem sucedido, ter estabilidade financeira, ser o melhor em nossa área, há algum se seja relacionado a ajudar alguém? Como disse logo acima no texto, uma pessoa com uma boa consciência que visa o melhor para si se torna bom no que conquistou para si mesmo, agora uma pessoa que com uma boa consciência que visa o melhor para si e para o próximo se torna excelente naquilo que conquistou para si mesmo e naquilo em que ajudou a alguém. Quero dizer para você que o segredo de nosso completo sucesso está atrelado ao nosso serviço às pessoas. Nosso movimento deve ser equilibrado, não mais no sentido de fora para dentro, mas de dentro para fora, ou seja, a partir de nós para os outros, o que nós temos para dar, ajudar. Profissões servem para ajudar pessoas, aproximar pessoas, servir pessoas. Devemos sonhar nossos sonhos pessoais e conquistá-los, porém nossa realização será completa quando valorizarmos pessoas.







Todos nós somos importantes, todos nós somos servidores e servidos. Pacientes não são números ou doenças. Nosso colega de sala é uma pessoa e precisa ser valorizada. Pessoas são importantes, servir pessoas é o segredo.
2 comentaram

domingo, 21 de agosto de 2011


. .
Vida!


Biomédicos, enfermeiros, médicos, farmacêuticos, e todos os profissionais da saúde, essa é uma breve homenagem do Biomedicina em Ação à VOCÊS, que se sentem honrados em poder fazer parte desta equipe que está sempre em busca da preservação da vida. Amem sua profissão, e façam dela a ponte para o amor pela vida.

Profissionais da Saúde, sempre a serviço e lutando pela VIDA!

0 comentaram

sábado, 20 de agosto de 2011


. .
Sinapse Química

 
Vídeo extraído do YouTube

O vídeo mostra o momento da transmissão de sinal pelo axônio, devido ao potencial de ação que se dá pela despolarização (entrada de sódio pela membrana) e pela repolarização (saída de potássio, e logo o reestabelecimento das concentrações). Ao chegar à sinapse, há a libração de neurotransmissores na fenda sináptica e assim, receptores prós-sinápticos levarão a resposta referente à neurotransmissão.

Obs.: este é um esquema básico e um rápido comentário de como é o processo de neurotransmissão, salvo que uma explicação mais aprofundada não é o objetivo desta postagem.
0 comentaram

sexta-feira, 19 de agosto de 2011


. .
"Biomedicina também é cultura" - Resultado da enquete

No dia 01/06/2011, na exposição "Biomedicina também é cultura", realizada pelos acadêmicos do curso de Biomedicina, da Universidade Paulista (UNIP - Campinas), foi feito uma enquete com a participação de toda a comunidade acadêmica da faculdade, acerda da visão polêmica que envolve temas relacionados a área das ciências biomédicas. Os assuntos abordados foram: Reprodução Assistida, Aborto, Eutanásia, Experimentação com Humanos, Vivissecção (exp. com animais), Clonagem, Pesquisas com células tronco embrionárias e Projeto Genoma.
Ao todo, somaram-se 177 estudantes de todos os curso da UNIP Swift que colaboraram com a pesquisa, e daremos o resultado agora para vocês.

REPRODUÇÃO ASSISTIDA:

120 pessoas disseram que CONCORDAM.
16 pessoas disseram que NÃO CONCORDAM.
41 pessoas disseram que NÃO TÊM OPINIÃO FORMADA.

Percebe-se aqui, que a Reprodução Assistida, apesar de ainda não ser bastante conhecida, trouxe poucas opiniões contraditórias, o que preconiza a ideia de uma grande aceitação pelo públicos, até mesmo os mais leigos sobre o assunto.

ABORTO:

44 pessoas disseram que CONCORDAM.
125 pessoas disseram que NÃO CONCORDAM.
8 pessoas disseram que NÃO TÊM OPINIÃO FORMADA.

O aborto é e sempre foi um assunto de grande discussão. Podemos observar que a maioria das pessoas são contra o ato de interromper a vida do feto. Há porém uma ressalva a se fazer: das 125 pessoas que se colocaram contra o aborto, muitas deixaram claro que concordam com o ato salvo em situações de abuso sexual.

EUTANÁSIA:

85 pessoas disseram que CONCORDAM.
66 pessoas disseram que NÃO CONCORDAM.
29 pessoas disseram que NÃO TÊM OPINIÃO FORMADA.

Diz-se que a eutanásia é a "boa morte". Aqui, a miscigenação de opiniões continua presente, como em todos os debates sobre o tema. Há ainda hoje, países que se colocam firmemente contra à eutanásia, colocando-a como ato criminoso, e outros, que legarizaram-na, acreditando que o ser humano têm o direito à uma morte digna.

EXPERIMENTAÇÃO COM HUMANOS:

67 pessoas disseram que CONCORDAM.
87 pessoas disseram que NÃO CONCORDAM.
23 pessoas disseram que NÃO TÊM OPINIÃO FORMADA.

Outra questão que houve miscigenação de ideias foi a experimentação com humanos. Há anos atrás, essas experiências eram feitas de maneiras absurdas, porém, com o passar do tempo, foram criados o código de Nuremberg e a Declaração de Helsinque, que proibe qualquer tipo de prática sem o consentimento livre e esclarescido do participante, e sendo que há a fiscalização do Comitê de Ética, para que as pesquisas não causem prejuízos aos voluntários. 

VIVISSECÇÃO:

91 pessoas disseram que CONCORDAM.
70 pessoas disseram que NÃO CONCORDAM.
16 pessoas disseram que NÃO TÊM OPINIÃO FORMADA.

Muitos são os defensores dos animais, e contra pesquisadores que se utilizam deles para os avanços científicos. Porém, obviamente há abusos, e esses animais acabam muitas vezes perdendo suas vidas de forma cruel. Para que isso não ocorra, foi criada a Lei Arouca, que protege esses animais, e ao mesmo tempo permite que as pesquisas continuem tomando proporções gigantescas, melhorando a saúde e qualidade de vida da população. Ainda assim, é um assunto polêmico, de grande impacto, e pode-se observar isso pela votação dos estudante sobre essa questão.

CLONAGEM:

56 pessoas disseram que CONCORDAM.
101 pessoas disseram que NÃO CONCORDAM.
20 pessoas disseram que NÃO TÊM OPINIÃO FORMADA.

Depois da clonagem de vegetais, e de animais, seria mesmo possível a clonagem do ser humano? Será que ela já não foi realizada em algum lugar do mundo? Não sabemos ainda, mas quais seriam os impáctos causados pela clonagem humana? Talvez por receio dessas consequências, a maioria das pessoas que participaram da pesquisa se colocaram contra a clonagem.

PESQUISA COM CÉLULAS TRONCO EMBRIONÁRIAS:

152 pessoas disseram que CONCORDAM.
15 pessoas disseram que NÃO CONCORDAM.
10 pessoas disseram que NÃO TÊM OPINIÃO FORMADA.

Há grandes debates sobre a utilização de células tronco embronárias, já que o embrião é o início de uma vida. Porém, é exatamente dessa célula que temos a chance de realizar diversas descobertas referente à cura de doenças. Pensando nisso, a maioria dos participantes votam que sim, são à favor das pesquisas.

PROJETO GENOMA:

81 pessoas disseram que CONCORDAM.
25 pessoas disseram que NÃO CONCORDAM.
71 pessoas disseram que NÃO TÊM OPINIÃO FORMADA.

O Projeto Genoma foi o tema de maior dificuldade entre os participantes da pesquisa, já que é de grande conhecimento de áreas da saúde. Porém, com uma pequena diferença de votos, a maioria concorda que o mapeamente do genoma humano foi de grande importância para o desenvolvimento científico, porém, o grande receio é que essa questão se torne um comércio, onde os pais acabarão por escolher como serão os seus filhos, ou até mesmo a criação de gênios.

Primeiramente gostaríamos de agradecer ao Prof. Guto, parabenizando-o pela iniciativa do evento, à Prof. Drª Maristela Cesquini pelos elogios, e à Prof. Drª Ana Beatriz, coordenadora do curso de Biomedicina, pelo sempre apoio prestado aos estudantes. Em seguida, agradecemos a participação de todos os acadêmicos da UNIP-SWIFT que coloboraram para a realização da pesquisa e também da exposição, porque sem eles não teríamos alcançado consideráveis números na enquete, e grande prestígio em toda a exposição. 



O RESULTADO DA PESQUISA ESTARÁ DISPONÍVEL PARA TODOS QUE SE INTERESSAREM A PARTIR DA PRÓXIMA SEMANA,NO MURAL DE BIOMEDICINA - BLOCO C.

Obrigada,e até a próxima pessoal!

Gostou da enquete e quer deixar a sua opinião? Fique à vontade, o blog é todo seu! Deixe seu comentário.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O VÍDEO APRESENTADO NA EXPOSIÇÃO
0 comentaram

quarta-feira, 17 de agosto de 2011


. .
Você namoraria um Biomédico?


E aí gente,alguém encara? Haha ;)
0 comentaram

terça-feira, 16 de agosto de 2011


. .
Fique por dentro!


0 comentaram

domingo, 14 de agosto de 2011


. .
Curso Análise Forense de DNA - Ribeirão Preto

No dia 30 de Abril de 2011, foi realizado pela Renova Cursos e Eventos, o curso de Análise Forense de DNA, na cidade de Ribeirão Preto,interior de São Paulo, ministrado pela perita do Estado de São Paulo Ana Cláudia Pacheco.
A perita falou sobre como é a profissão do perito aqui no Brasil, quais são as dificuldade para se ingressar nessa carreira e quais os profissionais que podem se tornar um perito criminal.
O alvo do curso foram os estudantes das áreas biológicas, tais como biomédicos, farmacêuticos, médicos, biológos e enfermeiros. Ao decorrer do curso, vimos como é feita a coleta de materiais em locais de crime, como são levados ao laboratório, e assim, como se dá os procedimentos de análises de DNA e por fim, como é produzido um laudo.
Abaixo vocês poderão conferir fotos da turma de Biomedicina da Universidade Paulista (Campinas).


Pessoal reunido depois do curso!

Adriana e Thassia


Meninas!



Curso Análise Forense de DNA


Galera da Biomedicina e Farmácia

Jonatam - intervalo do curso

Depois de muitos crimes,o melhor é relaxar! rsrs

Adicionar legenda

Voltando para o hotel
É isso pessoal,até o próximo curso!
3 comentaram

sexta-feira, 12 de agosto de 2011


. .
Quem faz a sua profissão é você!


 Acompanhando ao blog Biomedicina Padrão, vi uma postagem muito interessante. Na verdade uma reflexão do que fazemos a favor do crescimento da nossa profissão. Vocês já se perguntaram quantas vezes nos confundiram com médicos, quantas vezes nos perguntaram o que faz um biomédico? Pois então, as pessoas às vezes têm uma visão inferior no que se refere à nossa profissão, ou vangloriam muitas outras que sem nós, não seriam quase nada. É claro que não estou desmerecendo nenhuma profissão, pois assim como nós, todos têm o seu valor.
Mas caros biomédicos, ou futuros biomédicos, o que nós fazemos para que sejamos vistos por todos com nosso devido valor? O que nós fazemos para reverter a situação no mercado de trabalho?
Não se sintam acanhados em amar mesmo a sua profissão, e a divulgá-la, para quem quer que seja. Hoje o biomédico é multifuncional, como dizia o blog de Brunno Camara. Somos analistas clínicos, acupunturistas, peritos, patologistas, geneticistas, e muito mais que todos possam imaginar. Teríamos mesmo que trocar o símbolo do microscópio por um polvo! rsrs

O texto postado é de muito bom gosto, chega a ser motivador para nós,futuros biomédicos, e resolvi postar sobre ele aqui para que não só nós (do 2º semestre) mas também os calouros possam iniciar esse semestre com muita garra e vontade. 
Eu, particularmente, descobri duas coisas neste curto tempo. A primeira é que a profissão do biomédico é mais fascinante do que eu imaginava, e a segunda é que quem faz a faculdade são os alunos, logo, quem faz a nossa profissão crescer somos nós. Acho mesmo importantíssimo divulgar tudo o que acontece ao nosso redor sobre essa área,e discutir temas,trocar opiniões e experiências. E como dizia o post do Biomedicina Padrão, caros biomédicos, não acreditem que o próximo será sempre seu rival no mercado de trabalho, mas procure se unir a ele, e se especializar cada vez mais, porque é assim que se tem sucesso,já que escolhemos uma profissão que está em constante mutação. 

Por Biomedicina Padrão

4 comentaram

quinta-feira, 11 de agosto de 2011


. .
Novo semestre é sempre assim ...

Esse é você no começo do semestre



 

 Esse é você no meio do semestre







Esse é você no final do semestre

 

É sempre assim ...
0 comentaram
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...