quinta-feira, 23 de julho de 2020


. .
Estresse e seu impacto na saúde - Por Ana Beserra

Durante tempo difíceis e de pandemia como o que estamos vivendo agora, é muito propício falarmos e até mesmo sofrermos os impactos do estresse. Convém lembrar, que o estresse por si só não é maléfico, ele rompe com o equilíbrio ou homeostase, e é bom que tenhamos este estado em determinadas situações para elevar os batimentos cardíacos, vasoconstricção e outros sinais do sistema nervoso autônomo simpático que é aquele responsável pelo processo conhecido como luta ou fuga. Além disso, no período de estresse ocorre a liberação de hormônios como o cortisol, e de catecolaminas como a adrenalina e a noradrenalina que contribuem para produzir a ação simpática.

 Nos dias de hoje, não precisamos correr de um animal feroz como antigamente nossos ancestrais faziam, todavia precisamos “lutar e/ou fugir” por causa de outros estressores. Existem vários tipos de estressores como exemplo, podemos citar o estressor físico como expor o organismo a temperaturas extremas como o frio ou calor excessivo, a atividade física, ou o estressor emocional como comportamentos de raiva, aborrecimentos e outros. Sabemos que além dos tipos, existem fases de estresse e são elas a alerta, a resistência e a exaustão.

Atualmente, diversos trabalhos científicos mostram que o estresse na fase de exaustão também denominado crônico, ou seja, a longo prazo pode acarretar no aparecimento de algumas doenças, uma vez que induz a inflamação e contribui para o aparecimento de hipertensão, obesidade, depressão e até mesmo demências. O biomédico, atuando como pesquisador em sua essência, pode atuar na psicobiologia, colaborando com o entendimento do funcionamento das vias de estresse com a liberação de hormônios e neurotransmissores a nível laboratorial e clínico através de pesquisas e estudos.

O que podemos resumir de todo esse assunto, é que o estresse por si só não é ruim, mas sim o sem excesso uma vez que o estresse crônico e não regulado pode levar a danos nos indivíduos como por exemplo transtornos mentais e o biomédico pode contribuir além dos estudos e pesquisas para buscar mais evidências sobre como se dá essa regulação, mas também pode agir como um multiplicador, estimulando mudanças de estilo de vida para uma melhora na saúde como a redução do estresse emocional e prática regular de atividades físicas que ajudam a regular o hormônio do estresse e ainda contribuem para a boa saúde física e mental. Meditar, relaxar e praticar atividade física são exemplos de atividades prazerosas que podem ser incorporadas diariamente, começar com 30 minutos diários é o recomendado e assim, evitaremos os prejuízos do cortisol elevado e os impactos negativos na saúde.

Texto de autoria de Ana Beserra, biomédica, mestre em ciências, doutoranda em saúde mental. CRBM 17222.

2 comentaram

segunda-feira, 6 de julho de 2020


. .
I Jornada GEMOCA Online

                                     

Entre os dias 20 e 24 de julho de 2020 acontecerá a "I Jornada Gemoca Online", um evento gratuito e totalmente organizado pelo Laboratório de Genética Molecular do Câncer (GEMOCA) da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas. O evento contará com palestras de diversas áreas, abordando temas como Endocrinologia, Imunologia, Oncologia, Genética Molecular, Virologia, Educação, Microbiologia e outros. Estarei presente no evento, falando sobre Métodos de identificação de carbapenemases e de resistência à polimixina.

Conto com a presença de todos vocês! Sigam no Instagram para saber todos os detalhes: @labgemoca!

 

As inscrições estão abertas! Clique aqui e inscreva-se!

0 comentaram

domingo, 7 de junho de 2020


. .
A importância de estudar os vírus



Recentemente uma pandemia se instalou no mundo e estamos entregues a um ser tão microscópico que mal conhecemos. Os vírus possuem tamanhos que podem variar de 10 a 300 nanômetros e estão presentes em todos os lugares. Respiramos e ingerimos milhões de vírus por dia e esses seres tão pequenos podem ser mortais para pessoas que possuem imunidade reduzida.
Existem mais de 2 mil espécies de vírus descobertas pela comunidade científica. Os microscópios eletrônicos e métodos de diagnósticos, como imunológicos e moleculares ajudam os pesquisadores a entender a estrutura, o material genético que os compõem além das proteínas estruturas e mecanismos que permitem a infecção em um hospedeiro.
Os vírus podem ser formados por DNA (dupla fita, simples fita positiva ou negativa ou circular) ou RNA (fita simples positiva ou negativa ou dupla). Os vírus de RNA tendem a sofrer maiores mutações genéticas que lhes garantem resistência a medicamentos, sobrevivência a temperaturas e permitem enganar o sistema imune do hospedeiro.
Quando um vírus consegue infectar um hospedeiro e se propagar acontece um surto, endemia, epidemia e pandemia como no caso do vírus da Influenza H1N1. Quando o vírus possui características de grande letalidade para o hospedeiro ele não consegue se propagar causando apenas surtos e epidemias, no máximo, como no caso do Ebola.
O desenvolvimento da vacina foi uma das melhores descobertas científicas de todos os tempos, ainda é a mais eficaz como profilaxia e grandes pesquisas têm mostrado grande eficiência na atualização e desenvolvimento.

Ficou interessado no assunto? A Amanda Assaf, elaborou um curso 100 % online de Introdução à Virologia, onde são abordados temas como:

- História;
- Taxonomia;
- Estrutura Viral;
- Replicações;
- Profilaxia;
- Vacinas;
- Tratamentos;
- Diagnósticos;
- Mutações e Recombinações;
- Discussão final: família Orthomyxoviridae e Coronaviridae .


Para se inscrever no curso CLIQUE AQUI!


Texto de autoria de Amanda Sardeli Alqualo Assaf, biomédica patologista clínica e auditora PALC. CRBM: 28715.
0 comentaram

quinta-feira, 7 de maio de 2020


. .
Meningite bacteriana


Para entendermos a meningite, vamos relembrar alguns conceitos de neuroanatomia, começando pela definição de meninges. Elas são membranas que envolvem e protegem o sistema nervoso central (encéfalo, tronco cerebral e medula espinal). São três membranas: dura-máter, aracnoide e pia-máter. A função inicial dessas membranas é a proteção do SNC.
É importante também lembrar do líquido cefalorraquidiano (ou líquido cérebro-espinal ou liquor), pois ele é fundamental para o diagnóstico da meningite. Como o nome já diz, é um líquido que circula entre o cérebro e a medula espinal, e se localiza entre a pia-máter e a aracnoide (espaço subaracnoide), nos ventrículos cerebrais e ao redor da medula espinal. Tem como função principal a proteção e o amortecimento do SNC contra possíveis choques.
Esquema de demonstração das meninges. Tradução: Biomedicina em Ação. 
2 comentaram

sexta-feira, 24 de abril de 2020


. .
Atualizações sobre o diagnóstico do SARS-CoV-2 (COVID-19) - Por Amanda Assaf


Recentemente um paciente internado na UTI do Hospital onde trabalho fez o teste de PCR para diagnóstico do SARS-CoV-2 pelo material de swab naso-orofaríngeo e o resultado foi negativo. Devido à discrepância da clínica do paciente com o resultado, o médico solicitou PCR para amostra de lavado broncoalveolar, no qual o resultado dessa vez deu POSITIVO. Diante desse acontecimento resolvi pesquisar e encontrei coisas interessantes para compartilhar com os Biomédicos, para que saibam auxiliar e responder questões recorrentes.


0 comentaram

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020


. .
Epidemia do novo Coronavírus - o que preciso saber?




Em 31 de dezembro de 2019, foi relatado o primeiro caso de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) em Wuhan, na China. Desde então, temos acompanhado o crescente número de infecções, e o surto acabou tornando-se uma epidemia, atingindo também outros países. Cientistas do mundo inteiro, inclusive os brasileiros, iniciaram uma busca incessante para entender esta nova cepa, e com isso, desenvolver métodos rápidos de diagnóstico e de prevenção. Até o momento desta postagem, o cenário é o seguinte:
·      81.311 casos confirmados em todo o mundo, sendo a maior parte ainda na China.
·      2.770 mortes.
·      30.322 casos de pacientes que se recuperaram.
Hoje, 26 de fevereiro de 2020, foi confirmado o primeiro caso no Brasil. A vítima é um homem de 61 anos que deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein, com histórico de viagem para Itália, região da Lombardia.
Já que estamos diante do problema, o ideal é buscar informação para que possamos contribuir para que ele não se alastre.
2 comentaram

domingo, 23 de fevereiro de 2020


. .
Tudo ok?



A automação ajuda, mas é importante conferir tudinho. Tá tudo ok? Libera de uma vez que o paciente tá lá no PA esperando 😅

Um bom carnaval a todos!

0 comentaram

quarta-feira, 20 de novembro de 2019


. .
Parabéns, biomédicos!



"Ser biomédico é saber que por trás de cada amostra biológica em exames há sorrisos, dor, resiliência e gratidão." Parabéns a todos os biomédicos que trabalham com ética e amor, em prol da saúde e da ciência.
Feliz dia, caros colegas! 


0 comentaram

segunda-feira, 4 de novembro de 2019


. .
Saiba o valor da anuidade do CRBM de 2020

O CFBM publicou no dia 30 de outubro de 2019, a Resolução CFBM nº314/2019 que fixa os valores das anuidades, emolumentos e multas devidas aos Conselhos Regionais de Biomedicina, para 2020. Vocês já podem começar a se preparar, porque entra em vigor a partir de 01 de janeiro de 2020. Confira os valores integrais:

  • Biomédico – R$ 515,00
  • Tecnólogo – R$ 257,00
  • Técnico – R$ 154,00
Os valores se mantiveram iguais ao do ano passado, devido a um processo de organização financeira do CFBM. É importante lembrar que o valor da anuidade pode ser parcelado em até 5 vezes (sem desconto), e pagando até 31/01/2020 em parcela única, há desconto de 10%; ou até 28/02/2020, 5%. Para adimplentes nos últimos 5 anos e com situação regularizada até 27/12/2019, a anuidade poderá ser parcelada em até 12x.
Para maiores informações sobre a anuidade, registro e outros documentos, acesse o site do Conselho da sua região.  

0 comentaram

quarta-feira, 21 de agosto de 2019


. .
I Encontro Paulista de Biomedicina


Acontecerá, nos dias 28 e 29 de Setembro de 2019, o I Encontro Paulista de Biomedicina. O evento organizado pela Associação Brasileira de Biomedicina (ABBM) e Associação Paulista de Biomedicina (APBM) com apoio do Conselho Regional de Biomedicina 1ª Região (CRBM1) será em São Paulo, no Espaço Hakka Eventos.
Para inscrições e maiores informações, acesse: www.abbm.org.br

0 comentaram
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...