sábado, 3 de dezembro de 2011


. .
O grande valor está nas diferenças

"Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra." - Bob Marley


    Raça. Palavra que possui sentido etimológico referente à um mesmo povo, ou ainda, faz menção ao que determina as características distintas dos animais. Portanto, estamos completamente equivocados ao afirmar que a sociedade pode ser dividida por "raças", tais como negros,índios,europeus. Ao fazer esse tipo de afirmação, afirmamos também tamanha alienação quanto ao avanço social, já que entre nós existe uma só raça, a raça humana. O equívoco prossegue atingindo as classes sociais, a opção sexual, a diferença entre idades, e demais vítimas do preconceito.
    Em pleno século XXI, a discriminação e o racismo assombram a sociedade de forma mais branda do que antigamente, mas ainda assim, mostrando que uma conduta moral distante do preconceito é algo a ser trabalhado e repensado.
  O fato de sermos diferentes preconiza uma ideologia imposta para justificar os atos impensados daqueles que se julgam superiores aos demais. Assim, negros, homossexuais, idosos, índios, desempregados e tantos outros grupos da sociedade são vistos com certa divergência e são coibidos de participar, tanto política, social ou economicamente da sociedade totalitária.
  Mas como erradicar esse sentimento de uma sociedade que foi construída a partir da distinção de etnias, credo ou classe social? Quando fixarmos a ideia de igualdade, em todos os sentidos que tangem o contexto social, seremos pessoas civilizadas, respeitosas e de uma única raça, que acima de tudo, aceita e convive com o que há de melhor na sociedade: as diferenças.

Texto: Thassia Mariane Teodoro

Obs: esse blog é sim um blog de Biomedicina, mas a nossa intenção é levar algo bom e construtivo aos nossos leitores, e vamos sempre promover isso aqui no blog. 

LEVE ESSA IDEIA EM FRENTE!
0 comentaram

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...