sexta-feira, 6 de julho de 2012


. .
Ministério da Saúde diz que não há risco de epidemia de gripe A

   Com a chegada do inverno e o crescimento do número de casos da influenza A (H1N1), a orientação para a população é tomar cuidados que previnam a infecção pelo vírus causador da doença. A melhor forma de evitar o contágio por esta e outras síndromes gripais é observar algumas regras de higiene pessoal. Além disso, quem apresentar sintomas, como dor de cabeça, dores musculares e nas articulações e insuficiência respiratória, deve procurar assistência médica imediatamente.
   Até a tarde de hoje, 74 pacientes haviam morrido com o vírus Influenza H1N1 nos estados do Sul do Brasil em 2012: 14 no Paraná, 45 em Santa Catarina e 15 no Rio Grande do Sul, que registrou duas novas mortes ontem (4). O número de óbitos na região já supera o dobro das ocorrências somadas nos dois anos anteriores. Os três estados registraram 21 mortes em 2010 e 14 em 2011.
   Um balanço divulgado pelo Ministério da Saúde com números nacionais aponta 704 casos graves no país, dos quais 77 resultaram em óbito. Os dados abrangem apenas o período do início do ano até 25 de junho. O órgão não divulgou informações mais atualizadas, nem o número de casos por unidade da Federação. Apesar do aumento dos casos na Região Sul, o Ministério da Saúde assegura que não há risco de epidemia.

0 comentaram

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...