domingo, 5 de janeiro de 2014


. .
A Técnica Pomodoro de Produtividade


No começo do curso é sempre uma empolgação. Eu, particularmente, chegava da faculdade e já começava a estudar, e tinha foco para isso. Facebook só a noite, e por no máximo meia hora. Depois, as reclamações de que “não consigo estudar”, “não tenho foco para mais nada” começaram a ser frequentes. Descobri um método, que ainda não testei, mas me parece bem viável. Talvez ajude a esse pessoal que precisa de mais foco, mas também não quer deixar de lado alguns bons prazeres da vida.

Francesco Cirillo - Desenvolvedor da técnica. 
No final da década de 80, o italiano Francesco Cirillo deu início à Técnica Pomodoro de Produtividade. Disse Francesco: “‘Você consegue estudar – estudar mesmo – por 10 minutos?’ Eu precisava de uma validação objetiva, um tutor de tempo, e encontrei um no timer de cozinha com o formato de um tomate (em italiano, pomodoro).”
O italiano percebeu que se estudasse por um período mais curto do que se ficasse horas tentando absorver o conteúdo, seguidos por espaços de descanso, a sua produtividade aumentava. Foi controlando o seu tempo com um timer de cozinha no formato de tomate (pomodoro) que Francesco desenvolveu a sua técnica, descrita com mais detalhes no livro The Pomodoro Technique.
A técnica consiste em regular o tempo de estudo (ou trabalho) por 25 minutos, e descansar por 5, marcando o fim do período com um X, para depois verificar o quanto foi trabalhado. Os 25 minutos devem ser dedicados única e exclusivamente para a função a qual você está realizando. Nos 5 minutos de descanso você pode fazer o que quiser: ir ao banheiro, beber água, entrar no facebook, ouvir música, olhar o teto... A cada 4 pomodoros, o descanso é de 15 a 30 minutos.


As etapas de planejamento, controle de tempo, gravação de registros e visualização são fundamentais para a técnica. Na fase de planejamento de tarefas, são priorizados os itens que devem ser feitos no dia. Isso permite que os usuários possam estimar as tarefas que exigem maior esforço. Como cada pomodoro refere-se a um período indivisível de 25 minutos, que deve ser registrado na lista, é possível fazer uma auto-observação de como o tempo é gasto.
Um objetivo essencial da técnica é reduzir o tempo das interrupções, adiando outras atividades que interrompam o pomodoro.

Algumas dicas e regras:
Ø Faça listas e se organize para administrar melhor o seu tempo, e vá riscando o que já foi estudado.
Ø Não pare o pomodoro se for interrompido. Anote para fazer depois.
Ø Use o pomodoro durante a semana (ou reserve o seu tempo fixo para estudar). Aos finais de semana, descanse.

E para facilitar a nossa vida, a tecnologia sempre está presente. O método foi iniciado com um timer de cozinha mesmo, mas agora com a expansão do método, você pode encontrar vários aplicativos para smartphones e tablets, que marcam o tempo, avisam quando for o descanso e ainda marcam quantos pomodoros você realizou. É só escolher o seu, e mãos a obra!


Contem nos comentários se vocês conseguiram aplicar o método, e quais os métodos que vocês usam para focar nos estudos? Um bom início de ano a todos, principalmente aos calouros!


Fontes: Vida Organizada
0 comentaram

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...