sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015


. .
Entrevista: Dra. Brunna - Biomedicina Estética

Chegou a hora de falarmos sobre Biomedicina Estética! Convidei a Dra. Brunna Veruska de Paula Faria, biomédica hematologista, que acabou se apaixonando pela estética. Nesta entrevista ela conta como mudou o rumo da sua carreira e responde dúvidas dos leitores do Biomedicina em Ação.

BIOMEDICINA EM AÇÃO: Dra. Brunna, você se formou na Universidade Católica de Goiânia, atual PUC-GO. Por que você escolheu Biomedicina? O que mais lhe chamou a atenção no curso e na profissão?

DRA. BRUNNA: Bom, na verdade eu era estudante de Administração (fiz 2 anos) mas não gostava do curso por ser muito pacato, e na época eu visitei um laboratório de melhoramento genético da Embrapa e simplesmente fiquei encantada com tudo, com os aparelhos e decidi que queria trabalhar em laboratório, começou então a minha busca pelo curso que poderia me proporcionar aquilo, até então eu não conhecia a Biomedicina, e fiquei em dúvida entre ela e farmácia, visitei as faculdades UFG e PUC-GO e me rendi a Biomedicina. Até então o plano era que eu tinha certeza que ia querer trabalhar com a área de genética... mas nossos caminhos mudam e a gente descobre novas áreas e vai se apaixonando!

BIOMEDICINA EM AÇÃO: Quais características você acredita serem essenciais para um bom biomédico?

DRA. BRUNNA: Acredito em características essenciais para qualquer profissional, mas as principais são: esforço, paciência, persistência. Tenho comigo uma citação de Walt Disney (sim, eu gosto da Disney rsrsrs) que aprendi em um curso de empreendedorismo que é a teoria dos 4 C’s: curiosidade, confiança, constância e coragem. Juntando esses elementos, não existe montanha que você não escale!

BIOMEDICINA EM AÇÃO: Você é pós-graduada em Hematologia e Banco de Sangue pela Incursos. O que te levou a mudar de área e o que lhe chamou atenção na Biomedicina Estética?

DRA. BRUNNA: Eu me formei na época em que estava saindo do forno a Biomedicina Estética, mas já tinha planos em andamento para abertura de um laboratório no interior, o que me fez optar pela Hematologia que me seria mais útil na época, mas sempre namorei o curso de Biomedicina Estética, e por opções da vida resolvi abrir mão do que eu tinha e investir em uma área completamente diferente e nova! E a estética tem uma coisa fantástica, apaixonante, então hoje posso falar que me encontrei! Não me arrependo hora alguma de ter feito essa troca! E hoje, por ter tido um déficit nessa área pela grade antiga de Biomedicina, corro muito atrás de cursos e atualizações. Acredito que conhecimento nunca é demais!

BIOMEDICINA EM AÇÃO: Atualmente, você atende na Clínica Vitta Corpus. Como é o convívio com outros profissionais não biomédicos?

DRA. BRUNNA: Extremamente tranquilo! Aqui tem fisioterapeutas, enfermeiros e esteticitas. Acredito muito na multidisciplinaridade, creio que juntos somos mais fortes, do que ficar brigando por coisas banais. Faço parte de várias comunidades e grupos no whatsapp das mais diversas áreas e aprendo muito com todos! Sou uma pessoa muito tranquila de se conviver!

BIOMEDICINA EM AÇÃO: Recentemente acompanhamos um caso envolvendo uma falsa biomédica e um procedimento que resultou na morte de uma paciente. Qual o seu recado para os que estão começando na área quanto às responsabilidades e postura profissional?

DRA. BRUNNA: Postura e ética profissional vêm acima de qualquer coisa no mercado de trabalho! Por mais que seja esteticamente, nós estamos lidando com a vida da pessoa! Muitas pessoas me perguntam: é mais fácil a responsabilidade de estética do que a responsabilidade de um laboratório? Não, temos as mesmas responsabilidades em qualquer área, então sempre estude muito, faça cursos de capacitação e atualização, entre em contato com o conselho para averiguar as áreas em que pode atuar e o que se pode fazer dentro de cada uma, e cada um no seu quadrado! Não tente NUNCA fazer o que não é de competência sua!

BIOMEDICINA EM AÇÃO: Há sempre uma polêmica no que se refere à habilitação do Biomédico Esteta, principalmente pela classe médica. Em sua opinião, há espaço para todos?

DRA. BRUNNA: Com certeza que sim, porém essa polêmica infelizmente não é apenas com a área biomédica, mas é a mesma polêmica que levantam com fisioterapeutas sobre a acupuntura por exemplo. No mundo competitivo em que vivemos sempre vamos nos deparar com concorrência desleal, mas acredito muito em capacidade profissional. Se você faz seu serviço bem feito, não precisa ter medo de perder para outro, se perder, é por que ele faz melhor, se ele faz melhor, o erro está em você! Claro, que tudo isso baseado no que estamos capacitados e habilitados a fazer. Acredito sinceramente que o sol brilha para todos!

BIOMEDICINA EM AÇÃO: Muitos imaginam que seguindo para a Biomedicina Estética, terão um maior conforto salarial e também deixarão para trás aquela vida dentro de um laboratório, que muitas vezes não é o perfil de alguns biomédicos. O Biomédico Esteta está mesmo ganhando o seu espaço, e sendo bem remunerado por isso?

DRA. BRUNNA: A área da saúde hoje é muito, extremamente desvalorizada! Você estuda 4 anos, faz uma especialização, e vai procurar emprego e eles querem te contratar como técnico para trabalhar como biomédico, então isso desanima muito. Eu já vi os 2 lados da moeda, e na minha experiência pessoal acredito que a estética está sendo mais rentável do que a bancada. Isso como empregado. Como proprietário, o retorno de um laboratório de Análises clinicas é fantástico e acredito que pode render até mais que uma clinica de estética, porém o investimento é muito maior e temos uma burocracia que atrapalha muito, chamada planos de saúde. Já na estética não existe esse problema, os procedimentos são particulares. O que mais devemos levar em consideração é: se você ama aquilo que faz, você faz direito, e se você faz direito, você será reconhecido por isso, mas para tal, temos que correr muito atrás, a vida não é um mar de rosas, tem muitos espinhos que vão furar nossa mão!

BIOMEDICINA EM AÇÃO: Qual a sua dica para quem está começando na Biomedicina e para os que querem ser Biomédicos Estetas?

DRA. BRUNNA: Minha dica principal é que não desanimem! Rsrsrs Hoje escuto várias pessoas falando que a área está ruim, mas quem faz o que gosta e coloca amor nisso, sempre consegue se sobressair! E o curso é apaixonante! Antes da estética eu sou da bancada!

Dúvida dos leitores:
·      O biomédico esteta pode prescrever? E quais procedimentos estéticos são vetados a esse profissional?

DRA. BRUNNA: Segundo a resolução N. 241 de 29 de maio de 2014, o profissional Biomédico COM especialização em Biomedicina Estética ele pode sim prescrever para fins estéticos. A resolução por completo do que podemos fazer você acha no site da Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética. (www.sbbme.com.br). Quanto aos procedimentos que são vetados, acho mais fácil falar do que somos habilitados! Que são:
Ø Carboxiterapia (facial e corporal)
Ø Eletroterapia; sonoforese (Ultrassom Estético); Iontoforese;
Ø Radiofrequência Estética;
Ø Laserterapia; Luz Intensa Pulsada e LED;
Ø Peelings químicos e Mecânicos;
Ø Cosmetologia;
Ø Intradermoterapia (capilar, corporal e facial);
Ø Hidrolipoclasia;
Ø Criolipolise;
Ø Microagulhamento e Dermopuntura;
Ø Preenchimentos Injetáveis;
Ø Toxina Botulínica;
Ø Prescriçao para fins estéticos

·      É possível sair da graduação já com a habilitação em Biomedicina Estética?

DRA. BRUNNA: Hoje em dia já existem faculdades com grades novas onde é possível sim sair habilitado. Na minha época ainda não existia a possibilidade de a faculdade levar em consideração as horas de estágio na área de estética para habilitação, mas hoje algumas já possuem isso. O que aconselho é procurar o departamento já no começo do curso e procurar com quais habilitações a pessoa já poderá sair em mãos.

·      Qual o diferencial do biomédico esteta já que outros profissionais da área da saúde também podem fazer uma pós em estética?  Existe algo de diferente, algum tratamento ou algo parecido que somente o biomédico está habilitado a fazer?

DRA. BRUNNA: Hoje em dia o profissional biomédico esteta é o que tem a pós-graduação com maior número de horas voltado para esse campo de atuação. A diferença do biomédico de outras áreas, por exemplo, é a realização de procedimentos injetáveis (toxina botulínica, preenchimento facila, intradermoterapia), coisa que por exemplo, um fisioterapeuta dermato-funcional não pode fazer. Com relação a área médica, nenhum CRM reconhece a habilitação Medicina Estética, sendo a Biomedicina Estética hoje, ao meu ver, a área de estética mais protegida pelo seu conselho.

Considerações finais:
Primeiramente eu queria agradecer a Thassia pela oportunidade de abrir um pouco do meu mundo pra vocês! Agradecer ao reconhecimento e parabenizar a atitude de disseminar cada vez mais conhecimento para os profissionais da área! Aos biomédicos, minhas saudações, companheiros de batalha! Aos futuros biomédicos, sejam bem-vindos a essa área maravilhosa, que hoje possui mais de 33 habilitações e a cada dia cresce mais em termos de reconhecimento e importância no mercado! Ainda sou nova, ainda tenho muito a aprender com todos vocês, a quem já acompanho a tempos! E meu objetivo é transmitir um pouco do pouco que sei!
Para quem quiser acompanhar o blog, juntamente com o Biomedicina em Ação: www.blogdrabiobella.blogspot.com.br e pelo instagram: @blogdrabiobella. Atualizamos sempre com nossa página do facebook: www.facebook.com/Brunnafariabme.
Espero que tenham gostado, e se restarem dúvidas podem procurar ou pelos locais acima, ou pela Thassia!
0 comentaram

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...