quinta-feira, 17 de maio de 2012


. .
O que vampiros tem a ver com Biomedicina?


Você sabe dizer o que Drácula, Edward Cullen e companhia tem a ver com Biomedicina? Bom, com a Biomedicina em si, eles não tem nada a ver, mas com Bioquímica e Genética tem tudo! Ainda não sabe? Descubra agora!!!



A lenda dos vampiros veio dos portadores de PORFIRIA. 

  Porfiria é uma doença genética relacionada à síntese do Heme (grupo protético da Hemoglobina).O heme é formado por uma reação encadeada, onde há a participação de várias enzimas. Em indivíduos porfíricos, há erros genéticos nas enzimas que sintetizam tal grupamento, prejudicando consequentemente a produção de hemoglobina, e por fim, das hemácias. Estes distúrbios se manifestam através de problemas na pele e/ou com complicações neurológicas. Existem diferentes tipos de porfirias, atualmente sendo classificadas de acordo com suas deficiências enzimáticas específicas. Dependendo de qual enzima for acometida, maior será o número de precursores a se acumularem na pele, o que faz com que o indivíduo torne-se fotossensível. A exposição à luz do sol causa ardência.
  A Porfiria Aguda Intermitente é a mais prevalente, acomete o fígado, há acúmulo de porfibilinogênio e 4-Aminolevulinato, dor abdominal grave, e disfunção neurológica. Por conta disso, foi descrita como a doença que levou Rei George III à "loucura". 

Rei George III 
  Temos também a Porfiria Cutânea Tardia, que se manifesta geralmente na fase adulta. É exatamente aqui que começamos a entender o porquê dos vampiros. Há o acúmulo de uroporfirinogênio I e III, sintomas eritrocitários, presença de urina vermelha, fotofobia causada pelo acúmulo de precursores na pele, dentes fluorescentes à luz UV, e anemia. Sabemos que um dos sintomas da anemia é a palidez, devido à queda do número de hemácias. Não bastasse isso, usava-se a "Terapia do Sangue" para tratar os pacientes: eles literalmente bebiam sangue para compensar o que era retirado por sangria.
  Oras, uma pessoa totalmente pálida, com medo do sol (fotofobia), e que portanto só saia de casa à noite e usando roupas escuras, e que ainda por cima bebia sangue! UM VAMPIRO!
 Esta doença foi descoberta no séc XIX, e seus sintomas foram confundidos com a superstição do "vampirismo" cultuada na época. Devido a propensão de que trata-se de uma doença hereditária, e levando-se em conta que era habitual o casamento consanguíneo na região dos balcãs na Europa, os vampiros criados na ficção são poderosos, e habitam nobres castelos. 
  O seriado CSI: Las Vegas tem um episódio (Justiça é feita - Justice is Served - Temporada 01 Episódio 21) sobre a porfiria, porém há uma falha gravíssima no que se diz respeito ao paciente porfírico, que fi colocado como animal no seriado. Os portadores dessa doença sofrem muito, não somente por fator emocional por conta da lenda dos vampiros, mas também pelos sintomas, principalmente pela ardência e feridas na pele. Tais feridas deformam os rostos e corpos de pacientes porfíricos, o que realmente não é nada parecido com esses vampiros que vemos em filmes, livros e quadrinhos.

Paciente portadora de porfira
 Só que esses "vampiros" que bebiam sangue para tratar a porfiria estavam totalmente desavisados quanto à sua doença. Beber sangue, humano ou de outro animal, não cura ou trata a porfiria. Este tratamento funcionaria, por exemplo, na anemia ferropriva (causada pela falta de ferro) para a reposição das hemácias. Na porfiria, isso não funciona, pois beber sangue não muda o erro genético na enzimas da síntese de Heme, portanto continuam a não produzir Hb e hemácias.

E só uma ressalva (momento descontração): Edward Cullen não deveria brilhar ao sair no sol (só os seus dentes rs) ... Isso realmente está mais para fada do que vampiro! - nada contra Crepúsculo,ok? rsrs

P.S.: tratei desse assunto com certo humor por ser um assunto relacionado à lenda dos vampiros, que está na mídia por conta de filmes e séries, porém esta doença é séria, e assim como qualquer outro ser humano, os portadores da doença merecem sim respeito.

Fotos retiradas da internet
0 comentaram

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...