sábado, 8 de junho de 2013


. .
Apostila - Curso de Interpretação de Exames Laboratoriais


O Suporte Ciência está com uma novidade! São as apostilas do Curso de Interpretação de Exames Laboratoriais, com avaliação do perfil hepático, lipídico, cardíaco, hemograma, e muito mais. E tudo isso por apenas R$9,90!
Confira o conteúdo e adquira a sua: CLIQUE AQUI!

Mais uma parceria do Biomedicina em Ação, que vêm dando certo!
0 comentaram

. .
Alerta da OMS sobre novo vírus letal

Foto reprodução OMS. Mother Nature Network.
Na semana passada, a Organização Mundial da Saúde (OMS), através da sua diretora geral Dr. Margaret Chan, lançou um alerta na sua conferência anual sobre uma nova “ameaça mundial”. Trata-se de um vírus letal denominado MRS — de Síndrome Respiratória do Oriente Médio provocada por Coronavirus. O vírus foi identificado no ano passado, e sua descoberta é tão recente que ele só foi descrito pela primeira vez em um periódico científico há cerca de três semanas, mas já existem 49 casos confirmados da doença até o momento, cinco dos quais foram relatados na semana do dia 29 de maio (data da publicação da matéria pelo Mother Nature Network). Das pessoas infectadas pelo microrganismo, 24 morreram. A morte mais recente ocorreu em 28 de maio: um homem francês que contraiu a doença em Dubai, vindo a falecer em um hospital de seu país de origem na semana passada, e a pessoa que dividia o quarto com ele também foi infectada pelo vírus.
Os sintomas da doença são bem parecidos aos provocados por outro vírus letal, o SARS — responsável pela Síndrome Respiratória Aguda Severa —, e incluem falta de ar, tosse e febre alta. No entanto, como a maioria das pessoas infectadas também apresentavam outros problemas de saúde não relacionados com o MERS, a OMS suspeita que outras condições médicas possam exercer influência no contágio e evolução da doença.
De acordo com um relatório divulgado pela OMS em 17 de maio, acredita-se que o MERS seja de origem animal, e ainda não se sabe como é que os humanos são infectados. Contudo, já ficou claro que a transmissão entre pessoas é possível e, pelo menos até agora, todas ocorreram em instalações como clínicas e hospitais. Nenhum caso de contágio entre pessoas com convívio próximo ou entre membros de uma mesma comunidade foi registrado.
O MERS foi observado pela primeira vez no verão de 2012, e segundo Chan, entende-se muito pouco sobre o vírus e sua magnitude, mas afirma que “ qualquer nova doença que está surgindo mais rápido do que nosso entendimento não está sob controle. Estes são os sinais de alarme e devemos responder. O novo coronavírus não é um problema que qualquer país afetado só pode manter-se ou gerir por si só. O novo coronavírus é uma ameaça para o mundo inteiro. " 
Ainda segundo a OMS, até o momento MERS casos foram identificados na Jordânia, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Qatar, bem como a França, Alemanha e Reino Unido. Os casos europeus têm "conexão direta ou indireta para o Oriente Médio" e envolveu tanto as pessoas que se deslocaram para a região ou pessoas que entraram em contato com os viajantes.

Fontes (via Mega Curioso): 
(Texto original)




0 comentaram

. .
Biomédicos em Ação - São José do Rio Preto (SP)

Foto enviada por Leandro Morais


Alunos da União das Faculdades dos Grandes Lagos (Unilago), período noturno. São José do Rio Preto – SP, aqui no Biomedicina em Ação!

Quer participar do blog? Envie também a sua foto! Saiba mais clicando aqui
0 comentaram

. .
Atuação do Biomédico

A Informática em Saúde (em Inglês Medical Informatics) é uma das áreas de atuação do profissional biomédico. De acordo com a Sociedade Brasileira de Informática em Saúde, foi definida em 1990 por Blois e Shortliffe como "um campo de rápido desenvolvimento científico que lida com armazenamento, recuperação e uso da informação, dados e conhecimento biomédicos para a resolução de problemas e tomada de decisão". Segundo o The New Medicine, “a Saúde é uma das áreas onde há maior necessidade de informação para a tomada de decisões. A Informática Médica é o campo científico que lida com recursos, dispositivos e métodos para otimizar o armazenamento, recuperação e gerenciamento de informações biomédicas. O crescimento da Informática Médica como uma disciplina deve-se, em grande parte: aos avanços nas tecnologias de computação e comunicação, à crescente convicção de que o conhecimento médico e as informações sobre os pacientes são ingerenciáveis por métodos tradicionais baseados em papel, e devido à certeza de que os processos de acesso ao conhecimento e tomada de decisão desempenham papel central na Medicina moderna". 
Esta área é responsável pela pesquisa e desenvolvimento de sistemas computacionais voltados às aplicações em biociências. O mercado de informatização da biociência está cada vez mais crescente, atuando na pesquisa médica e biológica, em atividades de empresas farmacêuticas, de biotecnologia, de equipamentos médicos, em hospitais, laboratórios de diagnóstico, bem como em vários setores de gerenciamento e execução de políticas públicas de saúde.
O biomédico especializado em Informática em Saúde estará apto a analisar, projetar e implementar soluções computacionais aplicadas às ciências da vida. Para isso, o profissional deve ter conhecimento sobre os conceitos e processos das Biociências e das Ciências da Computação para desenvolver sistemas computacionais de análise de dados e de apoio à decisão no âmbito dos sistemas e processos de biociências, o que requer domínio deste profissional em diferentes linguagens e paradigmas de programação. É possível também resolver problemas com sugestões de programas e aperfeiçoar o sistema de saúde, por meio de recursos das tecnologias da informação e comunicação, nos diferentes níveis de atendimento.
“O informata biomédico é um profissional que vem suprir um conjunto de necessidades relevantes, participando ativamente na produção de sistemas informatizados com alto nível de complexidade, aplicados à otimização dos protocolos e processos que caracterizam as peculiaridades dos ambientes de pesquisa, desenvolvimento e aplicação das biociências.”

Campos de atuação

O profissional atua em hospitais, centros médicos, órgãos públicos, centros de pesquisa relacionados às biociências e empresas privadas cujo mercado de atuação seja o desenvolvimento de sistemas de informação em saúde. Sua atuação compreende atividades tais como planejamento, análise, projeto, implementação e manutenção de sistemas computacionais em saúde, de acordo com normas nacionais e internacionais e os padrões da ética profissional. Também atua no gerenciamento de equipes de desenvolvimento de software, relacionando-se e comunicando-se com clareza com membros de equipes multiprofissionais.

O futuro!

3 comentaram

. .
Inscrições abertas para graduação em nove países

O Programa Ciência sem Fronteiras (CsF) abriu nesta terça-feira (4), o período para inscrições na modalidade graduação. No total, são 13.480 vagas abertas para 18 áreas do conhecimento científico e tecnológico em nove países da Europa, Ásia e América do Norte. Os interessados podem efetuar sua inscrição até julho de 2013, sendo que a data final depende do país de destino escolhido.
Os países envolvidos nas chamadas são: Alemanha (com 2.000 vagas previstas); Austrália (2.250 vagas previstas); Canadá (2.188 vagas previstas); Coréia do Sul (292 vagas previstas); Estados Unidos (2.000 vagas previstas); Finlândia (300 vagas previstas); Hungria (2.300 vagas previstas); Japão (150 vagas previstas); e Reino Unido (2.000 vagas previstas). O candidato deverá escolher o país de destino, que terá um parceiro definido para cuidar de sua devida inserção no exterior.

As bolsas serão concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI) e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC). O candidato deverá conferir a qual instituição direcionar-se, de acordo com o país de destino escolhido, no site do programa

Texto original

0 comentaram

quinta-feira, 6 de junho de 2013


. .
Cinco maiores arrependimentos antes de morrer


Via Mentes Eficientes
0 comentaram

sábado, 1 de junho de 2013


. .
10° Encontro Mineiro de Biomedicina

Nós temos no blog um espaço para que pessoas de todo o país participem mandando textos e fotos de eventos em que elas estiveram presentes. O texto abaixo é de Mayra Roberta Parreira de Carvalho, estudante do 2º ano, do curso de biomedicina da Unifran (Universidade de Franca), e uma grande amiga. Ela esteve presente no “X EMBM” (10° Encontro Mineiro de Biomedicina), que aconteceu entre 23 e 26 de maio, em Uberaba, Minas Gerais e nos conta como foi o evento.


Nos dias 23 a 26 de maio de 2013 foi realizado o X Encontro Mineiro de Biomedicina. O evento foi realizado em Uberaba na UFTM (Universidade Federal do Triangulo Mineiro). Na quinta-feira (dia 23/05), após a apresentação e entrega de materiais, deu-se início a primeira palestra do evento, com Flávio Barboza Pacheco Júnior, falando sobre “Acupuntura e Biomedicina? Uma vida fora dos laboratórios”.  Em seguida, “Introdução a Criminalística”, com Rodrigo Grazinoli Garrido e por fim, Camila Hirotsu, enfatizou a importância da pesquisa biomédica sobre o impacto da falta de sono.
No segundo dia (24/05), o dia começou com Juliana Monte falando da “Pesquisa Translacional em Inflamação: aspectos básicos e aplicações”. Em seguida, a palestra com o tema “Reprodução Humana Assistida: como funciona um laboratório? Qual o papel do biomédico?”, foi ministrada por Priscila Queiroz D`Elia. “Insetos Vetores de doenças humanas: biologia, transmissão e controle, foi o tema discutido por Gabriela Vieira Silva”. Por fim, Miriam Galvonas Jasiulionis e Marjori Leiva Camparoto, falaram, respectivamente, do “Papel das marcas epigenéticas na relação entre estresse celular e transformação maligna” e “Aplicação da citogenética molecular na medicina personalizada”. No mesmo dia a noite, como ninguém é de ferro, o evento ofereceu aos participantes do “X Encontro Mineiro de Biomedicina” um coquetel.
Coquetel
Enfim, no dia 25/05, a palestra sobre “Suscetibilidade genética do hospedeiro ao desenvolvimento da doença de Chagas” foi realizada por Amanda Farage Frade Barros. Logo em seguida foi organizada uma Mesa Redonda, para discussão do seguinte tema: “A Evolução da Biomedicina com Enfoque nas Novas Áreas de Atuação do Biomédico”, com a presença do Presidente do Conselho Regional de Biomedicina da 2ª região, Dr. Luis de França Ribeiro Neto; a 1ª Secretária Drª Ana Paula de Araújo Santos, do Conselho Regional de Biomedicina 3ª região.
26/05: último dia do Encontro, os alunos participaram dos minicursos escolhidos por cada um, onde foram expostas várias opções de diferentes áreas.

Minicurso: "Diagnóstico molecular da Talassemia alfa".
Realmente, foram quatro dias muito proveitosos, onde acredito que todos adquiriram muitas informações e tiveram muitas dúvidas esclarecidas. O “X Encontro Mineiro de Biomedicina”, foi de extrema utilidade para futuros biomédicos, e até mesmo os então biomédicos. Tenho somente que parabenizar toda organização do evento pelo trabalho e pela cordialidade, vocês foram nota 10!

Fotos:


Mesa redonda



(As fotos foram cedidas pela autora do texto)

Quer participar do blog contando-nos sobre os eventos? É só entrar em contato. Valem textos, fotos, vídeos, gravações... Tudo para deixarmos a galera por dentro do que anda acontecendo na biomedicina.
0 comentaram

sexta-feira, 31 de maio de 2013


. .
ENTOMOLOGIA FORENSE - RJ


PARTICIPE!
0 comentaram

. .
Profissionalização do Cientista - ENQUETE

No mês de maio, foi postado no Youtube um vídeo de uma palestra da Cientista Suzana Herculano-Houzel. Vários sites e blogs compartilharam o vídeo, e o assunto tomou grande proporção entre a comunidade acadêmica. A própria cientista, diante de tamanha proporção, realizou uma pesquisa para saber quem era a favor ou contra a profissionalização do cientista, tema da palestra realizada no Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ.
Confesso que fiquei bastante empolgada com o interesse das pessoas em divulgar este tema e lutar por isso. Por isso, gostaria de saber a opinião dos leitores do Biomedicina em Ação. Você concorda com a profissionalização? Tem alguma sugestão a mais sobre o tema? Gostaria de seguir carreira acadêmica, porém tem receio do futuro? Vale até contar qual área de atuação você mais se identifica. Vamos conversar sobre isso!
Abrirei uma enquete aqui no blog, e no facebook! Comentem, divulguem e discutam o assunto. É um tema que vale a pena!

Assistam o vídeo antes de comentar: 

1 comentaram

. .
Dia Mundial Sem Tabaco

Hoje, 31 de maio, é o Dia Mundial Sem Tabaco.  De acordo com a OMS (dados de 2012), 6 milhões de pessoas morrem pelo hábito de fumar. O A.C. Camargo Câncer Center apresentou um vídeo para alertar a população sobre esta mau. Vale a pena conferir!


0 comentaram
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...