Mostrando postagens com marcador IMAGENOLOGIA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador IMAGENOLOGIA. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 21 de julho de 2016


. .
A Biomedicina e o Diagnóstico por Imagem

Muito se fala sobre a atuação do biomédico na Imaginologia, sobretudo por ser uma das áreas de maior ascensão nos últimos anos. Além disso, várias questões são levantadas a respeito da lei que regulamenta tal atuação, como está o mercado de trabalho para profissionais biomédicos, e onde se especializar. A postagem de hoje segue a nossa série de postagens que trata sobre as áreas de atuação do biomédico. Hoje é dia de falar sobre a Imaginologia.



Imaginologia (imagiologia ou imagenologia; você pode ler um artigo interessante sobre a etimologia da palavra clicando aqui), é um conjunto de métodos que usa a imagem como meio de diagnóstico e prevenção, afim de estudar os órgãos e sistemas do corpo humano. Para tanto, utiliza a radiologia convencional (raios X, radiografia simples ou contrastada), mamografia, ecografia ou ultrassonografia, densitometria óssea, tomografia, ressonância magnética, angiografia e arteriografia, e medicina nuclear.
Esta área se destaca pela importância na clínica médica, por ser composta de métodos não-invasivos que muitas vezes utilizam equipamentos de alta definição de imagem, como o PET/CT na medicina nuclear, por exemplo.
O início de toda a Imaginologia foi com a radiografia, após a descoberta dos raios-X em 1895 por Wilhelm Röntgen, um professor alemão de física. Naquela época, os raios-X tiveram sua utilização muito precoce, antes mesmo de serem descobertos os perigos das radiações ionizantes. Outras técnicas só foram possíveis nos anos que se seguiram. A medicina nuclear teve início nos anos 50, a ultrassonografia nos anos 60, a tomografia computadorizada nos anos 70 (prêmio Nobel para os cientistas Hounsfield e Cormack) e a ressonância magnética em 1971, posteriormente aprimorada por diversos cientistas.

E QUAL A LEI QUE REGULAMENTA O EXERCÍCIO DO BIOMÉDICO NA IMAGINOLOGIA?

A Resolução Nº. 234, de 05 de dezembro de 2013 dispõe sobre as atribuições do biomédico habilitado em imaginologia. Nela, consta as atribuições do biomédico legalmente habilitado na área. O biomédico pode atuar na Tomografia computadorizada, Ressonância Magnética, Ultrassonografia, Radiologia, Densitometria Óssea, Medicina Nuclear (PET/CT e PET/RM), e Radioterapia.

COMO É O MERCADO DE TRABALHO?

É muito visível a busca por profissionais especializados nessa área, e a preferência atualmente é por biomédicos. Quanto à média salarial, é difícil definir uma base salarial devido às subespecialidades da área. Entretanto, como a procura por esses profissionais é recorrente, os salários tendem a ser mais diferenciados das demais áreas da Biomedicina, e além disso, a jornada de trabalho é reduzida.

COMO CONSEGUIR ESTA HABILITAÇÃO?

Além do estágio curricular e prova de título, a forma mais habitual de habilitação em imaginologia é por pós-graduação.

ONDE ESTUDAR?

Como já dito, uma das formas de atuar no diagnóstico por imagem é se especializando através de uma pós-graduação. E os mineiros já podem ficar bem contentes! A UNIUBE – Universidade de Uberaba, em parceria com o MPHU - Mário Palmério Hospital Universitário, a Clínica Radiológica de Uberaba - CRU / Uberaba - MG, MedPhoton Diagnósticos e Terapias / Uberlândia - MG e ACCBC - Associação de Combate ao Câncer do Brasil Central - Hospital Dr. Hélio Angotti oferece o curso de ESPECIALIZAÇÃO: TECNOLOGIA EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM.

Folder do curso. Acesse o site da Uniube para maiores informações. 

Ao final do curso de Especialização em Diagnóstico por Imagem, os alunos estarão preparados para trabalhar com as tecnologias envolvidas em tomografia computadorizada, ressonância magnética e medicina nuclear, assim como criarão uma visão que vai além dos procedimentos técnicos, como gestão, controle de qualidade e desenvolvimento de pesquisa nas áreas de diagnóstico por imagem.
O curso é presencial, na cidade de Uberaba (MG) e tem como público alvo principalmente os biomédicos, mas também serão muito bem-vindos os enfermeiros e demais profissionais que se interessarem pelas ciências radiológicas.

Carga horária: 580 horas.
Período: início previsto para o dia 9 de setembro de 2016 e término em janeiro de 2018.
Investimento: valor da matrícula com 30% desconto até 30/07/2016 - R$406,00. Valores de mensalidades - 15 parcelas de R$ 545,20.
E não só os mineiros ficarão felizes! Isso porque os encontros serão quinzenais! Acontecerão às sextas-feiras, das 18h00 às 22h00 e, aos sábados, das
08h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00.

Mais informações sobre o curso, valores, descontos, grade curricular, e contato, acesse: www.uniube.br.

Parceiros:

CRU - Clínica Radiológica de Uberaba: http://www.cru.com.br/

ACCBC - Hospital Hélio Angotti: http://www.helioangotti.com.br/



Fontes:
Bacelar, S. Imagenologia, imaginologia, imagiologia, exame por imagem. 2010. Disponível em: <http://www.imagenologia.com.br/pdf/imaginologia-ou-imagiologia-ou-imagenologia.pdf>.


Esta postagem é patrocinada. 
Todas as informações sobre o curso são de responsabilidade dos seus idealizadores. 
1 comentaram

terça-feira, 17 de maio de 2016


. .
CFBM lança nota sobre Ação Civil Pública ingressa pelo Conselho Nacional de Técnicos de Radiologia


O Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) lançou hoje uma nota sobre a Ação Civil ingressa pelo Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia, que trata da suposta ilegalidade da atividade do Biomédico no exercício da Radiografia e do Radiodiagnóstico, contra o CFBM nº 234 que regulamenta a imagenologia. O CFBM expõe a sua visão sobre o ocorrido e a proporção negativa que o fato têm tomado.
Expõe ainda que, não há ilegalidade, visto que a atuação do biomédico está regida pela Lei, e que, as informações colocadas em mídias pelos técnicos são “inverídicas” e que o CFBM aguardará as decisões do Poder Judiciário e apresentará sua defesa nos “prazos e parâmetros legais”.

Para ler a nota completa, clique aqui
0 comentaram

domingo, 23 de novembro de 2014


. .
Medicina nuclear: entenda como funciona o cíclotron

Conheça a história da medicina nuclear, e como são produzidos os elementos radioativos emissores de pósitrons para o diagnóstico no PET.

0 comentaram

domingo, 5 de maio de 2013


. .
Alfabeto de neutófilos

O alfabeto foi gerado por conta de uma segmentação nuclear atípica, resultado da maturação dos neutrófilos acelerado. A ciência sempre surpreende! (artigo original)

Foto: Blood Jornal


Fonte:
1 comentaram

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013


. .
05 de fevereiro - Dia da Mamografia


A mamografia é um exame de diagnóstico por imagem, que tem como finalidade a visualização da região interna das mamas. Utiliza-se a radiação para revelar possíveis alterações no tecido mamário. Este exame deve ser realizado por mulheres com idade igual ou superior a 40 anos, e pode detectar nódulos mesmo que ainda não palpáveis e, portanto, faz parte do conjunto de ações que ajudam a detectar precocemente o câncer de mama, reduzindo de 30 a 50% a taxa de mortalidade por este tipo de câncer.
Como dito anteriormente, a idade indicada é de 40 anos, porém se há casos de câncer de mama na família, as mulheres devem realizar o exame a partir dos 35 anos de idade.
0 comentaram

sábado, 6 de outubro de 2012


. .
Bebês digitais

Modelo de feto de 12 semanas 'gerado' pela tecnologia de prototipagem rápida, ao aliar imagens de ultrassonografia, ressonância magnética e tomografia computadorizada. (Foto: Divulgação) - Imagem do G1 Ciência e Saúde.

Você já imaginou poder ver e sentir um bebê antes mesmo do nascimento?
E não. Não estou falando de ultrassonografia. Trata-se de uma nova tecnologia brasileira, que permite a criação de réplicas tridimensionais de fetos e passeios virtuais por dentro de seus órgãos ainda no útero da mãe. A técnica ajuda médicos a planejar o tratamento de má formações, além de fazer a alegria de pais e mães.
0 comentaram
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...