domingo, 15 de dezembro de 2013


. .
Cirurgia genética: tecnologia inovadora na edição de genes

Este é Feng Zhang, fundador da empresa que pretende usar a "cirurgia genética" no tratamento de doenças. 

A revista Nature publicou em 2 de dezembro deste ano (2013) uma matéria sobre o popular (no meio científico) CRISPR (com tradução literal de Repetições Palindrômicas Curtas Regularmente Interespaçadas e Aglomeradas). Trata-se de um sistema que usa uma tecnologia totalmente inovadora para a edição de genes e a consequente remoção de mutações nocivas, trocando por sequências de DNA saudável.
Conhecida como “cirurgia genética”, o impacto sobre os transtornos genéticos seriam bastante consideráveis, como afirma o presidente interino Kevin Bitterman, capitalista investidor da Polaris Partners, e um dos financiadores da Editas Medicine, que tem sede em Cambridge, que anunciou em novembro um bom capital para o lançamento desta nova tecnologia.

A tecnologia CRISPR se baseia em uma estratégia imunológica que bactérias usam para detectar e remover DNA exógeno. A enzima de restrição Cas9 encontra seu alvo com a ajuda de uma sequência-guia de RNA que pesquisadores já conseguem modificar para visar praticamente qualquer gene de interesse.

Algo parecido já é feito, utilizando-se de vírus, porém com esta técnica não é possível a modificação das sequências defeituosas, somente a inserção de uma sequência saudável. A empresa Sangamo BioSciences de Richmond, da Califórnia, utiliza nucleases com íons zinco (zinc finger), para recortar e desativar genes de interesse. O zinc finger vêm se mostrando bastante promissor para interromper a codificação de proteínas de superfície usadas pelo vírus HIV para invadir as células do sistema imunológico, o que mostra um ponto positivo em relação ao sistema CRISPR.
Ainda não foi divulgado o foco da terapia, entretanto inicialmente será testada em doenças provocadas por uma única cópia genética incorreta, como diz Feng Zhang, neurocientista do Instituto McGovern de Pesquisa Cerebral do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, e um dos fundadores da Editas. Ele afirma ainda que o tratamento de doenças envolvendo duas cópias defeituosas de genes exigirá a correção do gene com a adição de DNA saudável, o que exigirá um maior trabalho.
Um desafio a enfrentar tanto pela Editas, que está trabalhando com o sistema CRISPR, quanto as outras deste segmento, é a aprovação da FDA (Food and Drug Administration dos Estados Unidos) que, de acordo com um analista da Cowen and Company de Nova York, nunca aprovou um produto de terapia genética.

Fonte: Por Helen Shen e Revista Nature, para o Scientífic American Brasil. Disponível em: http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/-cirurgia_genetica-_pode_se_tornar_possivel.html

 
0 comentaram

sábado, 14 de dezembro de 2013


. .
Novidades - SBCEC

Venho parabenizar ao nosso colunista Elio Carvalho por ter se tornado agora membro da Comissão Científica da SBCEC (Sociedade Brasileira de Circulação Extracorpórea), durante o Congresso Internacional de Ciências Cardiovasculares e XXXI Congresso Brasileiro de Circulação Extracorpórea, que aconteceu em Recife, PE. Que muitas novidades possam surgir a partir disso. Parabéns! 





0 comentaram

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013


. .
Da série: mesmo assim nós amamos a Biomedicina!



0 comentaram

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013


. .
Biomédicos em Ação!

Peço desculpas pela (imensa) demora, mas houve um problema com o e-mail. Mas as fotos estão aqui, e tudo se normalizou!

Esta é a Nisete Ferreira de Oliveira, aluna do curso de Biomedicina da Universidade Paulista, Campus Vergueiro, em São Paulo!




O Gustavo Duarte Gurgel nos enviou uma sequência de fotos super bacanas, que representam a sua trajetória durante a faculdade:





Estes são os alunos do 4º período da UNINASSAU, de Recife-PE. Foto enviada por Filipe Almeida.


Quer participar do blog? Envie também a sua foto! Saiba mais clicando aqui
0 comentaram

domingo, 1 de dezembro de 2013


. .
VI CONGRESSO DE BIOMEDICINA - UNIFENAS

Aconteceu no dia 29/11/2013, o encerramento do VI Congresso de Biomedicina – UNIFENAS em Alfenas-MG. O encerramento do evento ocorreu com as Palestras da Mestra Loredana Nilkenes Gomes da Costa sobre Microsporídios – uma abordagem de diagnóstico, visto o desconhecimento geral sobre este microrganismo. Em seguida, minha palestra sobre Circulação Extracorpórea, mostrando conceitos, o que se faz e como é possível ingressar na área. E finalizando o dia, a palestra do Perito Julio de Carvalho Ponce, mostrando conceitos e casos da área.




Gostaria de agradecer a todos os alunos, principalmente à organização do Evento pelo convite e enorme carinho que nos recebeu. Ficamos muito felizes em ver alunos tão focados e com garra de levarem o nome da Biomedicina para o topo.



Como não poderia deixar de fazer, meu agradecimento especial a Coordenadora Professora Luisa Barbosa por toda atenção e à aluna Larissa Araujo pelo convite e recepção.  Nosso Muito Obrigado! 


0 comentaram

terça-feira, 26 de novembro de 2013


. .
Vaga para Biomédico em Citologia - São Paulo (URGENTE)


PERFIL DA POSIÇÃO: ANALISTA ESPECIALIZADO EM CITOLOGIA
Local de trabalho: Zona Oeste de São Paulo - SP
Empresa: Laboratório de Análises Clínicas e Medicina Diagnóstica com atuação na América Latina e em todo território nacional.

PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES DA FUNÇÃO
·      Leitura de lâminas e material citológico

PERFIL IDEAL DO (A) PROFISSIONAL
·      Graduação completa em Farmácia/ Bioquímica, Biologia ou Biomedicina
·      Possuir registro no conselho regularizado
·      Cursando especialização ou curso de aprimoramento na área de Citologia oncótica ou clínica.

REMUNERAÇÃO
Negociável, compatível com a função.

BENEFÍCIOS
Assistência Médica, Assistência Odontológica, Vale Alimentação, Seguro de Vida, Vale Transporte.

Interessados encaminhar CV para ccaparroz@claudiacaparroz.com.br com URGÊNCIA!
0 comentaram

terça-feira, 19 de novembro de 2013


. .
Palestra em Espírito Santo do Pinhal



Eu tive a honra de, nesta segunda-feira, dia 18/11/2013, em Espírito Santo do Pinhal-SP, palestrar sobre Circulação Extracorpórea na Faculdade UNIPINHAL, pela 1º Semana Acadêmica de Biomedicina. 
Agradeço a Professora MSc. Inês Martorano pelo convite e acolhimento e a todos os alunos e professores presentes na palestra. O meu muito Obrigado!


A palestra em Espírito Santo do Pinhal vem de encontro com o que eu penso sobre informação e educação: disseminação. A Circulação Extracorpórea precisa ser conhecida pela sociedade e principalmente pelos profissionais que podem exercê-la. Por isso julgo fundamental a participação dos Perfusionistas no interior do Brasil para informar os profissionais e sobre uma área tão nobre.
1 comentaram

sábado, 16 de novembro de 2013


. .
Classificação dos Leucócitos

0 comentaram

sexta-feira, 15 de novembro de 2013


. .
MALDI-TOF: nova tecnologia no laboratório de microbiologia clínica

Estive nesta semana no Fórum Permanente de Patologia Clínica, promovido pela Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp. O fórum tratou das novas tecnologias empregadas no laboratório clínico, e uma delas foi o Maldi-Tof.


O MALDI-TOF é uma tecnologia recente empregada nos setores de Microbiologia, cujo nome significa Matrix-Assisted Laser Desorption Ionization – Time of Flight. Trata-se de um método de identificação bastante rápido e preciso em relação a outros métodos de automação tradicionais que se tem no mercado.
Muitas das técnicas convencionais se baseiam na identificação dos microrganismos através de provas bioquímicas, analisando o seu fenótipo. O resultado destes métodos se dá entre 12 e 24 horas, o que atrasa a liberação do laudo e terapia antimicrobiana dos pacientes.
O MALDI-TOF é uma técnica de espectrofotometria de massa nova, que detecta moléculas de massa maior, como as proteínas. O teste então baseia-se na detecção de um grande espectro de proteínas, podendo então discriminar melhor as espécies. A espectrofotometria de massa é largamente utilizada em outras áreas, como a toxicologia, mas até então não era uma realidade na rotina dos laboratórios de microbiologia. “A evolução ocorreu quando a matriz utilizada para ionizar as proteínas foi mudada para que pudesse ionizar as proteínas ribossomais – estas bem mais conservadas do que as proteínas de superfície – o que levou à identificação de espécies e até subespécies de muitos microrganismos”.  
Koichi Tanaka (Shimadzu Corporation - Kyoto/Japão) ganhou o Prêmio Nobel 2002 em Química por desenvolver o método de ionização/dessorção para análises de espectrometria de massa em macromoléculas biológicas. O princípio tornou-se fundamental nos métodos padrões (MALDI, SELDI e DIOS) para análise estrutural de peptídeos, proteínas e carboidratos que torna possível a determinação rápida do conteúdo da proteína da célula intacta e do tecido vivo.
No teste, é necessário escolher a colônia a ser analisada, e posteriormente a amostra é dissolvida e colocada em uma placa contendo uma matriz polimérica. A placa é então irradiada com um laser de nitrogênio que vaporiza a amostra ionizando as moléculas que serão aspiradas e elevadas a um detector. Dependendo da molécula, o tempo de chegada será diferente (time of flight). Os dados obtidos através de gráficos que representam estas leituras serão comparados a uma base algorítmica de um site que contém um grande número de espécies de relevância clínica – incluindo microrganismos aeróbios, anaeróbios, microbactérias, leveduras e fungos filamentosos.
Preparação da amostra até a apresentação do gráfico. 
Maldi-Tof: como ocorre a espectrofotometria no aparelho. 
O procedimento é muito rápido, e diferente dos métodos convencionais, os resultados são dados em minutos, o que agiliza a liberação do laudo. Embora um dos pontos negativos seja o fato de o MALDI-TOF não obter parâmetros para antibiograma e este deva ser feito manualmente ou por outro método automatizado, o novo método de espectrofotometria dá indicações e diretrizes ao microbiologista referentes a resistências intrínsecas da bactéria.

Este vídeo é super bacana, e mostra o que o MALDI-TOF melhora ao ser implantado no laboratório. 


Fontes:
Richet Laboratório. 
Faculdade de Ciência e Tecnologia - Universidade Nova de Lisboa.
Schimatzu.
Biomériux. 
4 comentaram

. .
Biomédicos em Ação - IESA/Santo Ângelo-RS

Foto enviada por Etiene Lottermann


Estes são os formandos do curso de Biomedicina do Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Ângelo- IESA (Santo Ângelo-RS). Da esquerda p/ direita em pé: Tatiane, Thaís, Anelise, Daiana, Etiene, Emanuela e Tatiele. Da esquerda p/ direita sentados: Alan, Elvis e Ricardo.

Quer participar do blog? Envie também a sua foto! Saiba mais clicando aqui
0 comentaram
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...